Livros sobre criatividade: separamos 10 essências

Livros sobre criatividade

Já separamos uma lista sobre livros de design, agora chegou a vez da dos livros sobre criatividade.

Já se pegou tendo bloqueios criativos? A criatividade pode e deve ter um processo bem estruturado, dessa maneira você ganha tempo e consegue criar de forma mais fluida.

Por isso separamos 10 livros sobre criatividade essências para qualquer pessoa criativa ou aqueles que querem desenvolver mais a criatividade. 

Veja nossa lista:

1. Roube como um artista: 10 dicas sobre criatividade

Verdadeiro manifesto ilustrado de como ser criativo na era digital, Roube como um artista, do designer e escritor Austin Kleon, ganhou a lista dos mais vendidos do The New York Times e figurou no ranking de 2012 da rede Amazon ao mostrar, com bom humor, ousadia e simplicidade, que não é preciso ser um gênio para ser criativo, basta ser autêntico. 

Baseado numa palestra feita pelo autor na Universidade do Estado de Nova York que em pouco tempo se viralizou na internet, Roube como um artista coloca os leitores em contato direto com seu lado criativo e artístico e é um verdadeiro manual para o sucesso no século XXI.

Nesta obra, Austin mostra através de mensagens positivas um olhar gráfico diferenciado, ilustrações, exercícios e exemplos de como o leitor pode “ativar” seu lado criativo. Austin Kleon, corajosamente, desfila novas verdades sobre criatividade: nada é original, então abrace as influências, colete ideias, misture e reimagine para achar seu próprio caminho. 

Se gosta de um artista, copie-o, e copie as referências deste artista, descubra de quem ele gosta, quem ele copia, quem é a sua influência, e tome tudo isto para si. Seja este artista, até a hora que vai sentir que não está mais copiando e sim criando sua própria versão. Mas para chegar neste ponto é preciso que fique esperto, tenha uma rotina, um emprego fixo que lhe dê dinheiro e que lhe traga suporte para ser “selvagem” e ousado dentro de sua imaginação.

O mais importante para os leitores é que Roube como um artista é focado na praticidade. Kleon quer transformar, mudar, fazer o leitor descobrir e ativar sua própria criatividade, e espera conseguir isto com todas as dicas e macetes que cita no livro. Roube como um artista é uma obra curta e intensa, um tiro certeiro para despertar aquele lado criativo que dorme dentro de todos os leitores.

2. Criatividade S.A

Qual a fórmula por trás de filmes adorados por multidões como Toy Story, Monstros S.A. ou Procurando Nemo? Em Criatividade S.A., Ed Catmull conta a trajetória de sucesso do mais importante e lucrativo estúdio de animação da atualidade, a Pixar, que ele ajudou a fundar, ao lado de Steve Jobs e John Lasseter, em 1986. Dos encontros da equipe às sessões de brainstorm, Catmull mostra como se constrói uma cultura da criatividade, num livro definitivo para quem busca inspiração para os próprios negócios.

Para Catmull, a tecnologia jamais deve estar acima de uma boa história; cercar-se de gente mais inteligente do que você torna o ambiente mais propenso à inovação; e encontrar o lado positivo do fracasso é fundamental para garantir o próximo sucesso. Esses são alguns dos princípios apresentados por Catmull em Criatividade S.A. 

Quase 20 anos depois do lançamento do primeiro filme da trilogia Toy Story, Catmull, atual presidente da Pixar e da Walt Disney Animation Studios, narra a trajetória da empresa que revolucionou a indústria de animação cinematográfica.

Entremeando conclusões sobre gestão de pessoal com entusiasmadas informações a respeito dos avanços em tecnologia digital, além da história da Pixar e do cinema de animação, Criatividade S.A. apresenta mais do que conselhos de negócios, com trechos descrevendo situações quase como um roteiro cinematográfico.

3. Grande Magia

Da autora que transformou a vida de milhões de leitores com seu best-seller internacional Comer, rezar, amar. “O que é viver criativamente? É qualquer vida que seja mais motivada pela curiosidade do que pelo medo.” 

Ao compartilhar histórias da própria vida, de amigos e das pessoas que sempre a inspiraram, Elizabeth Gilbert reflete sobre o que significa vida criativa. Segundo ela, ser criativo não é apenas se dedicar profissional ou exclusivamente às artes: uma vida criativa é aquela motivada pela curiosidade. 

Uma vida sem medo, um ato de coragem. A partir de uma perspectiva única, Grande Magia nos mostra como abraçar essa curiosidade e nos entregar àquilo que mais amamos. 

Escrever um livro, encontrar novas formas de lidar com as partes mais difíceis do trabalho, embarcar de vez em um sonho sempre adiado ou simplesmente acrescentar paixão à vida cotidiana. Com profunda empatia e generosidade, Elizabeth Gilbert oferece poderosos insights sobre a misteriosa natureza da inspiração.

3. O caminho do artista

O caminho do artista reúne uma série de exercícios, reflexões e ferramentas para ajudar você a despertar sua criatividade, recuperar a autoconfiança e se livrar dos bloqueios criativos.

Organizadas num programa de 12 semanas, essas técnicas vão guiá-lo por uma viagem de autodescoberta, ajudando-o a enfrentar seus medos, crenças e inseguranças – os maiores obstáculos para quem deseja expressar qualquer forma de arte.

Esse livro desmistifica a ideia de que o processo criativo precisa ser sofrido e extenuante, embora ele requeira uma boa dose de persistência e prática. Com este método, você vai aprender a abandonar as desculpas que o impedem de transformar suas ideias em realidade.

Você vai descobrir como criar com mais liberdade e menos autocrítica, usando de forma consciente o potencial criativo que estava represado até agora.

Esta é uma obra fundamental para escritores, poetas, pintores, músicos e qualquer pessoa que deseje trazer um pouco mais de inspiração à sua vida.

Você pode ser interessar por:

Plugins After Effects: separamos 10 plugins incríveis e gratuitos

Plugins para photoshop: separamos 13 plugins incríveis (gratuitos e pagos)

Brainstorm: como aplicar de maneira mais eficiente

Livros de design: 9 essenciais que todo profissional deve ler

Teoria das cores: conceito e prática

4. Originais

Qual é o segredo das pessoas originais? Será que a criatividade é uma qualidade inata ou uma habilidade que pode ser estimulada ou mesmo aprendida? Em seu novo livro, Adam Grant desmistifica muitas das crenças que existem em torno das mentes criativas.

Ele recorre a uma série de estudos e histórias reais envolvendo o mundo dos negócios, a política, os esportes e o universo do entretenimento para mostrar como qualquer pessoa pode aprimorar sua criatividade, tornar-se capaz de identificar e defender ideias verdadeiramente originais, combater o conformismo e romper com tradições obsoletas.

Você vai conhecer as técnicas bem-sucedidas aplicadas por profissionais que ousaram remar contra a maré e levar seus projetos adiante, como uma funcionária da Apple que desafiou Steve Jobs estando três níveis hierárquicos abaixo dele, uma analista que derrubou a política de sigilo da CIA, um bilionário mago das finanças que demite os funcionários incapazes de criticá-lo e um executivo de TV que impediu que a série Seinfeld fosse cancelada logo no início apesar das pesquisas de opinião desfavoráveis.

Adam Grant demonstra como a originalidade pode ser impulsionada, indicando a melhor forma de se expressar sem ser silenciado, como conquistar aliados em ambientes improváveis, escolher o momento certo de agir e lidar com o medo e a insegurança.

Além disso, comenta como pais e professores podem estimular a criatividade nas crianças e o que os líderes podem fazer para estabelecer uma cultura que promova a divergência de opiniões.

5. Um Toc Na Cuca – Tecnicas Para Quem Quer Ter Mais Criatividade Na Vida

Manual para treinamento em criatividade e reciclagem de pessoal. 

O autor detecta os bloqueios mentais que inibem as atitudes inovadoras e usa recursos de humor para estimular as pessoas que temem errar e caem na rotina.

Livros sobre criatividade

6. Mostre seu trabalho

No best-seller Roube como um artista(que já citamos aqui), Austin Kleon deu aos leitores a chave para o desbloqueio da criatividade, ensinando a saber “roubar” as ideias mais interessantes e produtivas de seus influenciadores. Agora, o autor mostra o próximo passo crucial desta jornada criativa: como tornar seu trabalho conhecido. 

Mostre seu trabalho! explica porque por que a generosidade supera a genialidade. Por que nossa capacidade de estar acessível e de saber usar nossas próprias redes pode ser mais importante do que um simples “networking”. 

Apostando mais na autodescoberta do que na autopromoção, o livro é um manifesto inspirador para o sucesso como artista ou empreendedor na era digital. Repleto de ilustrações, citações, histórias e ótimos exemplos, Mostre seu trabalho! oferece dez regras transformadoras para que sejamos mais abertos, corajosos e produtivos. Em capítulos dinâmicos e objetivos, Kleon propõe um fim definitivo ao já desgastado (e contraproducente) mito do gênio solitário, ao propor uma maior participação externa em seu processo criativo e artístico, para que, em outras palavras, todos possam “roubar” de você também.

Livros sobre criatividade

7. A arte da criatividade

Em capítulos breves e atraentes, o professor e crítico de arte inglês Rod Judkins apresenta de maneira enganosamente simples alguns dos mais diversos processos criativos, mostrando como cada um de nós pode aprender com eles para melhorar nossas vidas e nosso trabalho. São conselhos improváveis, que mexem com nosso comodismo para estimular uma das áreas menos exigidas no século digital: a criatividade.

Tudo isso através de um passeio pela biografia de artistas, cientistas e executivos que mudaram as regras do jogo por acaso, acidente ou ousadia, procurando momentos cruciais nas vidas de nomes tão diferentes quanto os Beatles, Frank Lloyd Wright, Michelangelo, Miles Davis, Nikola Tesla, Matt Groening, Salvador Dali, Steve Jobs, Andy Warhol, Coco Chanel, Alexander McQueen, Frida Kahlo, James Joyce e Francis Ford Coppola. Da incansável agenda de ensaios do quarteto de Liverpool às implacáveis revisões de Tolkien, Sondheim e Picasso, passando pela criação surpreendentemente descuidada dos Simpsons. 

Você irá aprender sobre a turma acadêmica mais bem-sucedida na história (onde cada aluno ganhou um Prêmio Nobel), por que J.K. Rowling gosta de escrever em cafés e como 95% de Apocalypse Now terminou no chão da sala de montagem. 

A Arte da Criatividade reúne estes momentos em doses curtas, que podem ser lidos fora de ordem e que sempre abrem uma janela de possibilidades a partir de pontos de vistas improváveis. Um convite à imaginação em todas as áreas: artes, ciências, negócios e na vida prática.

Livros sobre criatividade

8. Destrua Este Diário

Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. 

Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho.

A ideia surgiu quando Smith começou a refletir sobre o início da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. 

A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.

9. A história secreta da criatividade

Quando pensamos nos grandes inventores e gênios criativos, muitas vezes temos a impressão de que seus feitos são resultado de um momento de inspiração. Imaginamos que Mozart ouvia suas composições inteiras na mente antes de escrevê-las, que Einstein desenvolveu a Teoria da Relatividade durante uma conversa informal e que Kandinsky pintava suas obras numa única tarde.

Mas, na verdade, a criação está longe de depender da sorte, da simples inspiração ou de algum dom especial.

Em A história secreta da criatividade, o professor do MIT Kevin Ashton mostra que o processo criativo é lento, complexo, espinhoso e repleto de falhas, frustrações e recomeços.

Por meio de histórias reais e inspiradoras – como a do menino de 12 anos que fez a produção mundial de baunilha crescer no século XIX, da mulher que realizou as primeiras descobertas sobre o DNA e dos irmãos Wright dominando a arte de voar –, Ashton explora algumas das grandes invenções da ­humanidade para revelar a surpreendente verdade por trás de sua concepção.

Ao analisar a trajetória de grandes nomes das ciências, das artes e dos negócios, o autor mostra que a capacidade criativa é inerente ao ser humano. O que faz com que alguns deles se destaquem, no entanto, é um misto de perseverança, trabalho duro e dedicação.

De Arquimedes à Apple, dos Muppets à latinha de Coca-Cola, esse livro é uma apaixonante investigação sobre o surgimento das ideias – e mostra que todos nós somos capazes de colocá-las em prática.

Livros sobre criatividade

10. Criatividade no trabalho e na vida

Autor do mais bem-sucedido livro sobre criatividade publicado no Brasil, Roberto Menna Barreto, nesta sua obra, expande seus conceitos de forma a abarcar todas as possíveis aplicações da criatividade na vida pessoal e profissional. 

Calcado em sua experiência em mais de trezentos seminários para grandes empresas e público em geral, apresenta-nos um livro de grande fôlego, ambicioso, inspirador, irresistível.

Livros sobre criatividade

Curtiu a lista? Assine nosso newsletter para receber dicas como esta.

Boas criações!

Newsletter

Mídia, publicidade e marketing

Além dos nossos conteúdos, você vai receber dicas de podcast, livros, notícias de mercado e mais. Não é só mais uma newsletter!