Copywriting: como aplicar essa técnica para aumetar conversões

copywriting

Você já escreveu um texto e não alcançou o número de conversões desejados no planejamento do projeto? Já produziu uma peça, mas ela não alcançou retorno positivo conforme o esperado? Se respondeu positivamente a uma dessas perguntas, precisamos conversar sobre copywriting. 

Técnica que ajuda a melhorar o desenvolvimento dos seus conteúdos, construindo um material com gatilhos mentais e que podem despertar diversas emoções na audiência, como interesse, senso de urgência, autoridade, entre outros. 

Para ajudá-lo a construir uma copy perfeita, desenvolvemos um guia completo, desde conceitos até dicas práticas para implementar em sua empresa. A intenção é evitar que a sua rotina seja estressante, sem saber por onde iniciar as suas produções e quais são os melhores caminhos para seguir. Acompanhe as nossas dicas e otimize os seus resultados. 

O que é copywriting?

Trata-se da arte de desenvolver textos com o intuito de guiar o leitor para a próxima tomada de decisão. Geralmente, são produzidos materiais em vários formatos, como slogans, sites, posts, e-books, e-mails, entre outros. 

Qual é o objetivo do copywriting? 

O principal objetivo é fazer com que aquela pessoa que esteja lendo o conteúdo tome uma determinada ação, que pode ser uma compra de um produto ou serviço ou simplesmente assinar a newsletter de um blog. 

Ao contrário do que muita gente imagina, a missão do copywriting não é tentar induzir o leitor a qualquer custo a finalizar a compra de um produto, como é feito com a escola tradicional de vendas. Aqui, ele busca trazer valor para o conteúdo, mostrando de que forma aquela solução pode resolver os seus principais problemas. 

Imagine, por exemplo, que em um texto o profissional deve produzir um conteúdo sobre Automação Criativa. Ao invés de mostrar somente as qualidades da tecnologia, ele apresenta de que forma a plataforma pode auxiliá-lo na personalização de conteúdo, aumento da produtividade, agilidade de produção, redução de custo, criatividade e no ROI (Retorno sobre o investimento) da empresa. 

Aqui, é possível perceber que não se trata de quem eu sou, mas sim de que forma posso ajudá-lo a conquistar os principais objetivos da sua rotina. 

Por que aplicar copywriting?

Existem diversos motivos pelos quais um negócio deve implementar o conceito de copywriting em suas estratégias de marketing B2C ou marketing B2B. Conheça abaixo quais são os mais importantes. 

Conteúdo com mais qualidade 

O cuidado com a produção de conteúdo é uma das principais vantagens quando a técnica de copywriting é implementada em uma empresa. Os profissionais que lidam com esse desafio tem uma atenção especial para entregar um material encantador e sem erros. É um tipo de texto que consegue envolver vários tipos de clientes, desde aquele exigente até o confuso e o indeciso. 

Produção de acordo com o SEO 

Quando a produção do conteúdo é desenvolvida de acordo com as regras de Search Engine Optimization (SEO), a sua página ganhará credibilidade nos principais buscadores do mundo, como o Google. A união entre um conteúdo de qualidade e estratégias de posicionamento, sem dúvidas, é o encontro perfeito para garantir um diferencial competitivo no mercado. 

Aumento na geração de leads 

Para grande parte dos profissionais de marketing, a geração de leads é o novo petróleo da área. É o que aponta uma pesquisa que foi compartilhada pela HubSpot, em 2020. E as Copy’s que aumentam o interesse dos leitores, que tratam sobre as suas principais dores e que ainda conseguem mostrar soluções, têm mais chances de converter os leitores em leads. 

Conexão mais próxima com a persona

Uma das principais vantagens da copywriter é que a técnica consegue desenvolver conteúdos que estão mais próximos da sua persona. Em muitos casos, os leitores até acreditam que aquela mensagem foi construída pensando somente em sua rotina. Quando ocorre esse tipo de conexão, existem maiores chaces de os consumidores se tornarem defensores da própria marca. 

E o que não é considerado copywriting? 

Muita gente acredita que a copywriting já virou commodities na área do marketing. Apesar de ser um termo bastante popular, nem sempre ele é aplicado da forma correta. Não é difícil encontrar conteúdos que não se enquadram no padrão e precisam ser trabalhados com mais carinho e objetividade para envolver a audiência com mais assertividade. 

Conteúdo ruim 

Uma copywriting sem qualidade é aquela que contém as seguintes características: erros ortográficos e gramaticais; conteúdo sem coerência e linguagem abaixo da média. Para evitar esse tipo de problema, busque especialistas que entendam do assunto e procure contar com o apoio de um revisor de texto. Dessa forma, você impede que o conteúdo final seja publicado com diversos erros. 

Falta de credibilidade 

Não basta construir um texto incrível se o seu negócio ou aquele produto que está tentando comercializar não transmite credibilidade para o mercado. Antes de tudo, é essencial desenvolver um relacionamento de confiança com a sua audiência. E, precisamos ser sinceros. Esse processo não ocorre em um passe de mágica. 

Se você quer vender algo para o cliente, mostre primeiro que tem interesse em ajudá-lo e como a sua solução consegue cumprir o que promete. 

Conteúdo com muitas informações 

A expressão “menos é mais” é utilizada com bastante frequência no mercado de decoração. E, quando falamos sobre copywriting, ela pode ser aplicada com a mesma finalidade. 

Você não conseguirá reunir em um único conteúdo todas as informações que deseja transmitir para a audiência. O desafio é ainda maior quando o seu negócio tem vários tipos de públicos e é necessário aplicar diversas abordagens para comunicar uma mesma ideia. 

Então, se você pretende dialogar de forma simultânea com todas as pessoas, provavelmente, construíram um conteúdo genérico, que não consegue atingir ninguém. Pense nisso! 

A Apple é uma empresa que sabe utilizar com eficiência o conceito de “menos é mais”. A companhia tem uma relevância muito grande no mercado. Porém, ela sempre utilizou esse tipo de estratégia para mostrar os benefícios de um aparelho móvel de um jeito objetivo e prático. 

Jargões em excesso 

Cada área contém os seus próprios jargões. No mercado da publicidade, marketing e design é comum ouvir expressões, como: agregar valor, business plan, case, Headhunter, entre outros. Sabemos o quanto é difícil ignorar esses termos, especialmente quando estamos diante de um conteúdo. 

No entanto, quando estamos familiarizados com os jargões da área, o excesso pode acabar prejudicando a ideia que desejamos transmitir naquele momento. O mais indicado é utilizá-los com moderação. E, sempre que possível, aplique uma linguagem de fácil compreensão. Se for necessário adicionar um jargão, não tem problemas. Mas, lembre-se de conceituá-lo para o público. 

Persuadir não é enganar

A técnica de copywriting não tem como objetivo enganar pessoas, quem usa para essa finalidade tem más intenções e provavelmente terá resultados a curto prazo que não vão se sustentar. 

Quais são as diferenças entre Copywriting e redação publicitária?

Se você chegou até este ponto do artigo, provavelmente, está na dúvida sobre as diferenças entre copywriting e redação publicitária. Apesar de serem bastante semelhantes, cada um tem as suas particularidades. A primeira opção contém a presença de um CTA, enquanto a segunda aplica o anúncio de forma leve, de acordo com Paul Hollingshead, um dos fundadores da AWAI (American Writers and Artists Institute). 

Na prática, o Copywriting é recomendado para estratégias que tem como objetivo atrair novas pessoas, o que ocorre com o Inbound Marketing. Aqui, o ciclo de vendas é mais longo e atua com técnicas de persuasão. Na publicidade, o conteúdo é direcionado para negociações diretas. 

Como desenvolver uma estratégia de Copywriting? 

A partir de agora, vamos listar diversas dicas para que você aprenda como implementar uma estratégia de Copywriting em seu negócio. 

Faça uma pesquisa de qualidade 

Um conteúdo não pode ser produzido de qualquer forma. Antes de colocar a mão na massa, você deve fazer uma extensa pesquisa para buscar materiais de inspiração. Dessa forma, será mais fácil desenvolver um projeto com qualidade e que esteja de acordo com a sua audiência. 

É fundamental deixar claro que a pesquisa serve apenas como base. O seu conteúdo deve ser melhor do que aquela publicação que já foi feita no mercado. Então, procure por referências não só aqui no Brasil, mas também no exterior. 

Produza de acordo com o objetivo 

Um conteúdo de copywriting precisa ter um objetivo definido e um CTA claro para que o cliente avance para o funil de vendas. Nunca se esqueça de ter em mente essas informações na hora de produzir o material. Sem dúvidas, o processo criativo será menos doloroso. 

Invista em peças exclusivas 

A exclusividade é outra característica importante no desenvolvimento de uma copy. Se o seu time de marketing está entregando os mesmos conteúdos que são facilmente encontrados na internet, é melhor repensar a sua estratégia. Cada empresa, cada cliente e cada segmento tem as suas particularidades. Por isso, desenvolver um material único é essencial para atingir os seus objetivos. 

A Lamborghini é uma empresa que encanta consumidores de todo o mundo desde 1963. A fabricação de carros esportivos luxuosos encanta vários tipos de clientes. Ela conquistou autoridade no mercado porque produz veículos de alta performance e compartilha legendas nas redes sociais que valorizam ainda mais a exclusividade. 

Os clientes da Lamborghini são apaixonados pelo luxo dos automóveis da companhia, mas, mesmo diante da popularidade da marca, a empresa ainda precisa utilizar alguns recursos para envolvê-los. Não é difícil encontrar publicações que contém termos que remetem ao valor de exclusividade, como beleza única e design customizado. 

Monitore os resultados 

Não adianta fazer uma pesquisa extensa e publicar um material incrível se o conteúdo não for monitorado pelo seu time de marketing. É importante ter um acompanhamento frequente para entender quais foram as ações que tiveram resultados positivos e quais são aquelas que precisam ser ajustadas. 

Como aplicar copywriting? 

Finalmente, chegamos a uma das etapas preferidas entre grande parte dos profissionais de marketing e dos empreendedores: a execução. Para ter sucesso com as estratégias de Copywriting, siga abaixo algumas dicas em sua campanha. 

Conheça a sua audiência 

Nunca é demais lembrar o quanto é importante conhecer as pessoas que vão ler o seu conteúdo, independente do formato que ele será publicado. Inicialmente, crie a sua persona. Trata-se de uma personagem semi fictícia que retrata o consumidor ideal do seu negócio. Ela é construída com base em dados reais. Você precisa conhecer as seguintes características do seu potencial cliente.

  • Idade;
  • Sexo;
  • Ocupação.
  • Interesses;
  • Hobbies. 

A regra é clara: quanto mais informações você tiver sobre o seu consumidor, mais fácil será construir um material de acordo com as necessidades da audiência. 

Defina o tom e a linguagem

O próximo passo é escolher o tom e a linguagem dos seus conteúdos. Se o público é jovem, procure manter um texto com uma estrutura mais descolada. Se a audiência é conservadora, evite incluir elementos que mostram desleixo por parte da empresa. Aqui, a primeira impressão é a que fica. 

Pense bastante no título

Esse é um dos elementos mais importantes em um texto. Se ele não for desenvolvido corretamente, as chances de alguém não ler o material ou uma peça publicitária é menor. É possível ter um título com vários formatos. 

  • Números;
  • Respostas;
  • Provocação. 

Antes de finalizar o seu material, faça a seguinte reflexão: o título está direto? Ele informa de um jeito claro qual é o assunto do conteúdo? Se a resposta for positiva para os dois questionamentos, o trabalho foi concluído com sucesso. 

Conquiste a confiança do cliente 

Conquistar a confiança do consumidor não é uma tarefa fácil. Para deixar esse processo menos burocrático, recomendamos construir uma conexão com o cliente. Ao planejar uma campanha, enumere as estratégias que devem ser implementadas para fazer com ele sinta que aquele material foi feito para solucionar as suas necessidades. 

No copywriting, o seu objetivo não é apenas apresentar o produto ou serviço, mas apresentar ao cliente, por meio de um conteúdo completo, quais são os benefícios que ele terá ao adquirir determinada oferta. 

Aplique verbos no imperativo 

Use verbos no imperativo para construir um senso de urgência. Veja abaixo alguns exemplos. 

  • Faça o download agora mesmo;
  • Compre agora!
  • Assine a nossa newsletter. 

Além de desenvolver um CTA incentivando o leitor a executar uma determinada ação. O Trello é objetivo e claro na hora de mostrar quais são os benefícios do produto. 

Faça comparações 

A comparação é outra estratégia interessante quando vamos aplicar o copywriting. Isso porque as pessoas entendem com mais clareza quando remetem a informações que estão dentro do seu contexto.

Use os números ao seu favor 

Números e pesquisas ajudam o leitor a absorver o conteúdo com mais facilidade. Além disso, o uso de dados passa credibilidade para a campanha. Dê preferências para as fontes que são confiáveis e que são conhecidas no mercado. 

Elimine as objeções 

Um Copywriting de sucesso é aquele que consegue eliminar objeções, isto é, questionamentos que os futuros consumidores podem ter sobre o seu negócio ou sobre as soluções que são oferecidas pela companhia. 

É possível descobrir as objeções no momento da construção da persona. No entanto, elas podem ser aperfeiçoadas conforme o comportamento do usuário e a movimentação da concorrência.  

Crie histórias 

Uma boa história é capaz de manter o prospect envolvido com a mensagem. Se você não sabe como narrar um momento interessante, recomendamos aprender mais detalhes sobre Storytelling. O objetivo dessa técnica é construir uma conexão próxima com a audiência. 

Para evitar futuros problemas, busque não exagerar no conteúdo. Afinal, não estamos desenvolvendo um livro. O Storytelling é somente um recurso para melhorar o diálogo com o prospect e tornar a interação mais próxima. 

A Nike é uma das empresas mais importantes do segmento esportivo no mundo. Ela trabalha com atletas de várias modalidades, mas não é somente essa audiência que ela pretende atingir. 

Para ampliar a sua presença, a companhia aplica o storytelling em diversas publicações com o intuito de construir uma conexão com a audiência. A empresa utiliza com eficiência o conceito com os atletas da marca.

No exemplo abaixo, você pode perceber que não há um CTA explícito no conteúdo, mas a identificação com a garota pode chamar a atenção de novos consumidores, especialmente porque materiais humanos tendem a valorizar, o que aumenta o número de fãs naturalmente.  

Por isso, ressaltamos, mais uma vez, a importância em conhecer a sua audiência para desenvolver chamadas e conteúdos. Dessa forma, você consegue construir um material que garante a atenção do público. 

Quais são os gatilhos mais indicados para copy? 

Alguns gatilhos mentais ajudam a otimizar os resultados das conversões.  Acompanhe quais são os mais utilizados. 

  • Escassez: o objetivo é mostrar que aquela oferta tem uma data certa para acabar, incentivando o futuro cliente a adquirir o produto antes do encerramento do prazo. A Magazine Luiza oferece uma oferta do dia para o cliente, que é finalizada no final do dia. A sensação de perder algo, é muito maior que a de ganhar;
  • Prova social: depoimentos de várias empresas que já utilizaram determinado produto ou serviço gerou mais confiança para os futuros clientes. Nós aqui da Chiligum usamos esse recurso em nossa estratégia de comunição; 
  • Autoridade: construir autoridade é fundamental para o sucesso de uma empresa. Além do seu lead ganhar mais confiança na marca, você consegue garantir um diferencial competitivo no mercado; 
  • Antecipação: antecipar o lançamento de uma ferramenta pode deixar a audiência ansiosa pela novidade. Sem dúvidas, isso pode influenciar positivamente nas suas chances de conversão. Uma prova que esse gatilho funciona é o lançamento de um trailer de uma série, fazendo com que o telespectador aguarde ansiosamente pela estreia. 

Quais são as melhores fórmulas de copy? 

As fórmulas de copywriting podem ser classificadas como um guia para que o profissional aprenda como iniciar a construção de um material.  

AIDA (Atenção/ Interesse/ Desejo/ Ação)

O objetivo desta fórmula é conhecer o comportamento do cliente e avançá-lo sem pressão pelo Funil de Vendas. Ela é composta pelas seguintes fases. 

  • Atenção: conquistar a atenção do consumidor; 
  • Interesse: gerar interesse por meio de conteúdos novos e exclusivos;
  • Desejo: o cliente vai investigar se a solução consegue resolver os problemas. Por isso, ofereça algo que faça brilhar os seus olhos; 
  • Ação: o comando que o futuro cliente deve executar para avançar para o próximo passo. 

ACCA (Consciência/ Compreensão/ Convicção/ Ação)

É conhecida como uma fórmula prima da AIDA, mas o cliente tem mais clareza sobre o conteúdo, uma vez que o objetivo é facilitar na compreensão do tema. 

  • Consciência: conscientizar o cliente sobre a dor que ele está enfrentando; 
  • Compreensão: mostrar como aquela dor está afetando os seus objetivos e qual é a solução mais indicada; 
  • Convicção: o potencial cliente é incentivado a responder ao comando da mensagem; 
  • Ação: convide o prospect a executar uma ação. 

PVPA (Problemas/ Vantagens/ Prova/ Ação)

Essa é uma das fórmulas mais utilizadas no mercado, uma vez que mostra qual é a dor que o cliente está enfrentando naquele momento. Em seguida, é apresentado os benefícios que ele terá ao solucionar aquela dor. Por fim, você apresentará as provas que a sua solução resolve aquele gargalo na empresa do empreendedor. 

  • Problema: mostra ao cliente um gargalo ou uma necessidade; 
  • Benefícios: para solucionar o gargalo ou aquela necessidade; 
  • Prova: apresentar um case de sucesso de um projeto que comprove que aquele problema pode ser resolvido com o seu produto; 
  • Ação: fazer o cliente executar um comando. 

Quais livros de copywritingdevo ler?

Os livros são excelentes fontes de informação para otimizar o nosso conhecimento de copy. Veja abaixo algumas dicas. 

  • O Poder do Hábito: mostra como o empreendedor pode despertar interesse nas pessoas. Lista algumas técnicas de persuasão;
  • As Armas da Persuasão: apresenta técnicas de persuasão para encantar o futuro cliente;
  • Previsivelmente Irracional: lista algumas dicas para que o leitor aprenda como influenciar os consumidores na tomada de decisão;
  • The Adweek Copywriting Handbook: conta estratégias para motivar o cliente a finalizar um negócio com a sua companhia. 

O copywriting pode trazer resultados incríveis para o seu negócio. Então, aplique as nossas dicas e conquiste os clientes com mais facilidade pelos próximos dias. 

Após descobrir as principais informações sobre o copywriting, siga-nos nas redes sociais e conheça outras dicas relevantes para o sucesso da sua empresa ou da sua carreira. 

Newsletter

Mídia, publicidade e marketing

Além dos nossos conteúdos, você vai receber dicas de podcast, livros, notícias de mercado e mais. Não é só mais uma newsletter!